Notícias
15/05/2017
Em época de crise, uns choram e outros vendem lenço. Até quando?
Fonte: Vitrine Agro - Revista feed&food

A previsão da indústria de alimentação animal brasileira é demandar aproximadamente 44 milhões de toneladas de milho e 16 milhões de toneladas de farelo de soja em 2017, dentre outros insumos necessários à composição de aproximadamente 69,5 milhões de toneladas de rações, conforme expectativa do Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal/Sindirações.

Esse incremento dependerá do desempenho da cadeia produtiva/exportadora de proteína animal brasileira, influenciada por fatores (sócio econômicos e geopolíticos) e modulação das demandas, interna e externa, já que o consumidor doméstico e o cliente internacional, cada vez mais condicionam seu comportamento (confiança no produto e fidelidade à marca) à sua expectativa (transparência das informações e compromisso com o bem-estar animal e meio ambiente). Leia mais…

Para ler a matéria na íntegra, clique sobre a imagem.

Para ler a matéria na íntegra, clique sobre a imagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Digite aqui os caracteres que aparecem na imagem a acima

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Associados